Brasil tem 26 milhões de obesos

0
24
Mid-Section of an Overweight Man Sitting on a Park Bench With Take-Away Food

A mais recente Pesquisa Nacional de Saúde Pública, que foi publicada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), constatou que 20,8% da população adulta brasileira está obesa. Isto significa que 26 milhões de pessoas apresentam fator de risco para várias doenças, visto que a obesidade atrai uma diversidade de problemas de saúde.

A causa mais importante da obesidade é que, com a vida corrida, cada vez mais as pessoas passam a substituir os alimentos tradicionais (arroz, feijão, carne e saladas) por processados e congelados (pães, biscoitos, refrigerantes). O estilo de vida sedentário também faz com que o corpo não queime as calorias necessárias, levando ao seu acúmulo sob a forma de gordura.

O problema da obesidade afeta todas as faixas etárias e níveis de renda, mas acomete principalmente as mulheres. As pessoas estão consumindo cada vez mais alimentos ricos em gorduras e açúcar, o que deixa o organismo mais lento e, por não praticar atividade física, acabam acumulando a energia fornecida pela dieta desbalanceada.

Outro fator que pode contribuir para o desenvolvimento da obesidade é a genética. Apesar da genética interferir na formação da gordura corporal e no metabolismo, este fator não é determinante para o desenvolvimento da obesidade.

O primeiro passo para tentar mudar esta realidade é iniciar alguma atividade física e mudar a alimentação. Alimentos mais naturais e crus são fundamentais para manter a saúde. Hipertensão, diabetes, síndrome do fígado gordo, apneia do sono e colesterol são algumas das doenças associadas à obesidade. Para evitar tudo isto, procure um especialista que possa auxiliar nesta perda de peso. Tudo deve ser analisado e feito de acordo com a sua necessidade. A parte metabólica, hormonal e a alimentação devem ser alinhadas com profissionais capacitados para isto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here