Hospital Santa Clara realiza implante de válvula aórtica por cateter

0
108

Foi realizado recentemente o primeiro procedimento de implante de válvula aórtica por cateter, conhecido como TAVI, no setor de hemodinâmica do Hospital Santa Clara. O paciente tem 84 anos, era portador de estenose aórtica, patologia que dificulta o bombeamento do sangue para o corpo e apresentava piora importante dos sintomas nos últimos meses.

A estenose aórtica é a valvopatia mais comum entre os idosos, com prevalência estimada de 5% para aqueles com mais de 75 anos de idade. A estenose provoca dor no peito e falta de ar, em casos avançados pode levar a quadros de desmaio.

O implante de valva aórtica transcateter começou a ser realizado no Brasil em 2008. Trata-se de uma técnica minimamente invasiva, que substitui a cirurgia tradicional, realizada com a abertura do tórax do paciente. Esta nova técnica tem diminuído a mortalidade e aumentado a qualidade de vida de pacientes com estenose na valva aórtica.

Segundo o cardiologista Dr. Rodrigo Penha de Almeida, responsável técnico pelo setor de hemodinâmica do hospital, a cirurgia foi realizada com tranquilidade no novo centro de hemodinâmica do hospital, que possui a estrutura adequada para este procedimento. “Esta técnica não deve ser usada para todos os casos de troca valvar, porém, para pacientes de alto risco este foi um grande avanço que permitiu melhora da sobrevida e da qualidade de vida nestes pacientes”, afirma Dr. Rodrigo.

O cardiologista e ecocardiografista , que acompanhou e auxiliou no procedimento, ressalta que a técnica, a princípio, era indicada apenas para pacientes com estenose valvar aórtica grave com alguma contraindicação cirúrgica, o que mudou com o desenvolvimento de dispositivos mais modernos, hoje em sua terceira geração.

Também fizeram parte da equipe, os cirurgiões cardíacos Dr. Paulo Cesar Santos, Dr. Daniel de Conti e o médico convidado e proctor Dr. Dimitri.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here